residencial Zé Neto é a favor que Jardim Aliança e Parque Viver pertençam a Feira de Santana - São Gonçalo Agora

Zé Neto é a favor que Jardim Aliança e Parque Viver pertençam a Feira de Santana


O deputado estadual e líder do Governo, Zé Neto, se pronunciou a respeito do limite entre os municípios de Feira de Santana e São Gonçalo, acreditando que as comunidades Jardim Aliança e Parque Viver devem pertencer ao território feirense.

“Para mim, estou muito tranqüilo com o meu posicionamento, é bom que os deputados Zó e Bira venham aqui para ver a dimensão do problema, se amanhã ficar definido que esse espaço é de São Gonçalo as pessoas vão ter que sair daqui e terem um atendimento de saúde em São Gonçalo, terão que ter transporte público regular para irem a São Gonçalo, mas é importante lembrar que daqui para o centro de São Gonçalo são 15 quilômetros, você vai ter que ter ônibus e São Gonçalo não tem linha de ônibus regular para cá. Se fosse determinado para São Gonçalo, vai ter que ficar determinado o caminhão de lixo, que teria que sair de São Gonçalo e sair 15 quilômetros para passar aqui todos os dias, imagine o problema para essa comunidade”, afirmou.

Zé Neto lembrou que enquanto essas comunidades estão há cerca de 15 quilômetros de São Gonçalo, estão a cerca de três quilômetros do bairro do Tomba. “Imaginar que todos os outros serviços teriam que ter como referência São Gonçalo, sendo que estamos a pouco mais de 3 quilômetros do Tomba, onde tem inclusive posto de saúde, transporte coletivo regular”, pontuou.

O deputado comparou a situação enfrentada por essas comunidade, com o que aconteceu com o Boticário, no passado. “A questão é muito simples, o Boticário é de São Gonçalo, essa área aqui se ajusta para ser Feira. Então é bom senso e ver que 90% da comunidade está com Feira. Lembro que quando discutíamos a questão do Boticário, me posicionei a favor de São Gonçalo porque o prefeito Furão fez o seu esforço, e trabalhou para que a empresa chegasse, não tinha lógica Feira ter os bônus de um esforço que havia sido feito pelo município de São Gonçalo. Agora neste instante acho que temos que trabalhar também para ficarmos livres deste processo”, disse.

Zé Neto espera que o problema seja solucionado. “Espero que a comissão tenha se convencido, estou assumindo não posição de líder do Governo, mas de deputado da cidade que conhece a situação”, salientou.


Bom Dia Agora
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo