residencial Exposição 'Altar do Santo Antônio' retrata sincretismo de forma popular - São Gonçalo Agora

Exposição 'Altar do Santo Antônio' retrata sincretismo de forma popular

Até 30 de julho o público pode apreciar a exposição ‘Altar do Santo Antônio’, na Galeria 13 do Forte do Barbalho, em Salvador, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, e no sábado, das 9h às 14h. Concebido pela administradora do espaço e figurinista Megg Chaves, o altar foi produzido com caixotes de tomate, acessórios e objetos e inspirado nas histórias contadas por devotos do santo casamenteiro. A instalação retrata o sincretismo religioso de forma popular.

Gruta imaginária, iluminação azul, vasos de flores diversificados, miniaturas, velas, figas, noivos, imagem do santo e do orixá Ogum fazem parte da composição do oratório, onde os quadros de caixotes passam a ideia de estantes temáticas. O trabalho teve como figurinista Maurício Martins – dono do maior acervo do nordeste, o ‘Boca de Cena’ – e os cenógrafos Cláudio Jorge (Gringo) e Luciano Reis, além do apoio da equipe do Forte para a realização.
A Galeria 13, assim denominada em homenagem ao dia de Santo Antônio, ocupa uma das antigas 20 celas de prisão no Forte do Barbalho, espaço administrado pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult). Desde 6 de junho, a galeria está aberta para visitação pública. Para os interessados em participar dos louvores ao santo, o Forte do Barbalho também realiza orações nestes sábado, domingo e segunda-feira (11, 12 e 13), sempre às 19h.

Fonte: Ascom/Secretaria de Cultura do Estado (Secult)
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo