residencial Solenidade de Corpus Christi em São Gonçalo será presidida por Pe. Miguel Francisco - São Gonçalo Agora

Solenidade de Corpus Christi em São Gonçalo será presidida por Pe. Miguel Francisco

A celebração de  Corpus Christi em São Gonçalo dos Campos será presidida pelo pároco Miguel Francisco. A solenidade na Igreja Matriz ocorrerá ás 07:00 desta quinta-feira (26), além de outras celebrações em Distritos e Povoados, como por exemplo em Mercês e Magalhães às 10:00, com a ajuda de outros padres da paróquia. Na noite desta quarta-feira (25), será celebrada uma primeira missa na Capela/Igreja do bairro Murilo Leite, e a partir da meia-noite as pastorais, grupos, movimentos e lideranças estarão confeccionando os tapete coloridos, por onde a procissão após a solenidade passará com Jesus Eucarístico.

Em muitas cidades portuguesas e brasileiras, é costume ornamentar as ruas por onde passa a procissão com tapetes de colorido vivo e desenhos de inspiração religiosa. Esta festividade de longa data se constitui uma tradição no Brasil, principalmente nas "cidades históricas", que se revestem de práticas antigas e tradicionais e que são embelezadas com decorações de acordo com costumes locais.

Corpus Christi (expressão latina que significa Corpo de Cristo) é um evento baseado em tradições católicas realizado na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes. É uma "Festa de Guarda" onde a participação da Santa Missa neste dia é, para os católicos, obrigatória, na forma estabelecida pela conferência episcopal do país respectivo.

A procissão pelas vias públicas, quando é feita, atende a uma recomendação do Código de Direito Canônico (cânone 944) que determina ao bispo diocesano que a providencie, onde for possível, "para testemunhar publicamente a adoração e a veneração para com a Santíssima Eucaristia, principalmente na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo." É recomendado que, nestas datas, a não ser por causa grave e urgente, não se ausente da diocese o bispo (cânone 395).


São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo