residencial Marisqueiras recebem equipamentos para cultivar ostras em comunidades de Maragojipe - São Gonçalo Agora

Marisqueiras recebem equipamentos para cultivar ostras em comunidades de Maragojipe

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM) entrega nesta quarta-feira (18) equipamentos para as mulheres marisqueiras das comunidades de Capanema e Baixão do Guaí, localizadas no município de Maragojipe, no Recõncavo. A ação, que acontece às 14h, em Capanema, busca viabilizar a implantação do cultivo de ostras e faz parte do Projeto de Ostreicultura, desenvolvido nessas comunidades, em parceria com a Fundação Vovó do Mangue, a Rare Brasil e a Reserva Extrativista Marinha Baía do Iguape/ICMBio.

Atualmente a região vivencia uma escassez dos estoques de ostras e lambretas no estuário da reserva, o que vem prejudicando as profissionais e suas famílias. Além da doação dos equipamentos, por meio de recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep) e diálogo com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR), a SPM elaborou um Plano de Formação Continuada, com o propósito de capacitar as marisqueiras.

Enfrentamento à Violência

Também nesta quarta haverá atendimento para as mulheres locais, com a Unidade Móvel do projeto ‘Mulher, Viver sem Violência’, que é resultado de parceria entre o governos estadual e federal. As atividades incluem uma Roda de Diálogo, onde serão discutidos temas como a violência de gênero e mecanismos de defesa e a Lei Maria da Penha, além de atendimentos individualizados e encaminhamentos para organismos que compõe a Rede de Atendimento à Mulher local. O trabalho é coordenado pela SPM, em articulação com o Sistema de Justiça, as prefeituras locais, os movimentos de luta pela terra e organizações da sociedade civil, a exemplo dos Sindicatos de Trabalhadores Rurais (STRs).

Fonte: Ascom/SPME
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo