residencial Se as eleições para presidente da República fossem hoje Marina Silva seria eleita - São Gonçalo Agora

Se as eleições para presidente da República fossem hoje Marina Silva seria eleita

Pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas com a população do Distrito Federal mostra que se as eleições para presidente da República fossem hoje a candidata Marina Silva ganharia em todos os cenários.

Independentemente dos adversários a candidata da Rede Sustentabilidade ganharia, os números mostram Mariana com 27,0% contra Aécio Neves (PSDB) 19,6%, Jair Bolsonaro (PSC) 14,2%, a frente do ex-presidente Lula (PT) 8,5%, Ciro Gomes (PDT) 7,5%, Álvaro Dias (PV) 3,3%, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) 1,6% e Ronaldo Caiado (DEM) 1,5%. Não votariam em nenhum candidato 8,8% e não sabem 8,1%.

Marina continua na liderança quando o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) é um dos candidatos, Marina (Rede) tem 27,8%, Jair Bolsonaro (PSC) 14,3%, Lula (PT) 8,6%, Ciro Gomes (PDT) 7,3%, Álvaro Dias (PV) 2,9%, Michel Temer (PMDB) 1,6% e Ronaldo Caiado (DEM) 1,5%. Não votariam em nenhum 9,3% e não souberam responder 8,8%.

O senador José Serra (PSDB) também é citado na pesquisa e Marina(Rede) permanece na liderança com 28,2%, José Serra (PSDB) 16,3%, Jair Bolsonaro (PSC) 14,2%, Lula (PT) 8,5%, Ciro Gomes (PDT) 7,8%, Álvaro Dias 3,0%, Michel Temer (PMDB) 1,9% e Ronaldo Caiado (DEM) 1,6%. Não votariam em nenhum 9,7% e não souberam responder 8,9%.

No caso de segundo turno entre Marina Silva e Aécio Neves, Marina tem a maioria das intenções de votos, 47,6% e Aécio Neves 32,9%. Nenhum dos candidatos teriam o voto de 10,7% e não sabem 8,8%.

A pesquisa foi feita com 1,281 eleitores maiores de 16 anos, entre os dias 01 e 03 de abril de 2016, estando registrada no Conselho Regional de Estatística da 3ª e 6º Região sob o nº 3122/15.
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo