residencial Professora de Santo Amaro foi estuprada e assassinada com 30 facadas - São Gonçalo Agora

Professora de Santo Amaro foi estuprada e assassinada com 30 facadas

A professora encontrada morta após ficar um dia desaparecida foi estuprada e assassinada com pelo menos 30 facadas no município de Santo Amaro. O principal suspeito do crime é o ex-namorado de Ana Tereza Leone, 47 anos.

Daniel Vieira entrou na vida da professora contra a vontade da família dela. Os dois começaram a namorar e as brigas do casal eram frequentes por causa de ciúmes. A família relatou para a polícia que a relação já estava desgastada e Ana resolveu colocar um ponto final no namoro. Daniel não aceitou e começou a fazer ameaças pelo celular.

Na última terça-feira (29), o suspeito mandou mais uma mensagem marcando um encontro em um lugar distante. Por volta das 17h, Ana saiu para o que seria o último encontro. Segundo a polícia, Daniel esperava a professora com uma faca e a golpeou várias vezes. Além disso, a mulher teria sofrido abuso sexual.

A polícia afirma não ter dívida de que Daniel é o principal suspeito do crime. O delegado Antônio Teixeira dos Santos disse que o crime foi passional e tudo leva e crer que foi premeditado.

O delegado contou que Daniel entrou em contradição durante o depoimento e no aparelho celular constam gravações em que ele diz para terceiros que está com vontade de tirar duas vidas. Supõe-se que seja a vida dessa moça, como efetivamente ocorreu, e a vida dele também.

O carro da professora foi abandonado em um local e o corpo foi encontrado em outro. A polícia suspeita da participação de mais de uma pessoa no crime. O acusado não tem carteira de habilitação e ele não sabia dirigir automóvel. O carro da vítima foi tomado, tudo indica que com ela dentro, e foi encontrado o carro em uma localidade e o corpo encontrado em uma localidade bem mais distante. Do R7.
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo