residencial Moradores do José Sarney pedem conclusão de obra e fim de alagamentos - São Gonçalo Agora

Moradores do José Sarney pedem conclusão de obra e fim de alagamentos

Os moradores estão reclamando da demora na entrega da obra e os transtornos que estão passando, principalmente com as dificuldades do tráfego para os moradores do José Sarney, Antero Ferreira, Cruz e demais localidades.

A senhora Valdice, moradora do José Sarney, disse entender que "a obra é em beneficio daquela região, mas está tendo dificuldades em transitar, porque não é só jovem que passa, idosos também precisam passar pelo único local de acesso ao conjunto. Eu mesmo quase cai em um buraco essa semana." Dona Valdice chamou a atenção também quanto a água da chuva, ela e vários outros moradores já tiveram suas casas alagadas. No seu entendimento o sistema de escoamento de águas pluviais que está sendo implantado, assim como o existente no bairro Pitubinha não atendem ao José Sarney.

O senhor José Cardoso também falou sobre o problema. "O acesso está meio difícil, a gente precisa ir ao mercadinho e fica perigoso passar próximo a valeta. Se dar uma tontice e cair ali já foi né?."

O morador Jeovaldo disse que "não tem nada contra o serviço, mas o que também está prejudicando o José Sarney é a água que desce da parte alta da cidade, sobretudo da Pitubinha." Segundo ele o que está sendo feito em termos de escoamento não vai beneficiar em nada o José Sarney. Ainda segundo Jeovaldo, "muita gente já perdeu geladeira, sofá muita coisa com a enxurrada que atinge o conjunto."
A obra de pavimentação do trecho da BA-501, que passa por São Gonçalo dos Campos na entrada o Conjunto Habitacional José Sarney, começou no dia 3 de novembro do ano passado (2015), é de responsabilidade do governo municipal, e caminhado para o quarto mês de obra os moradores ainda não sabem quando será concluída. No mesmo pacote de obras está a recuperação da praça Rui Barbosa, praça do José Sarney, praça da Nascimento Ferreira e reabertura do Chafariz e uma Creche no povoado do Sobradinho.
São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Fotos do arquivo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo