residencial Secretaria da Educação e Undime planejam ações para o Ano Letivo de 2016 - São Gonçalo Agora

Secretaria da Educação e Undime planejam ações para o Ano Letivo de 2016

Dirigentes da Secretaria da Educação do Estado da Bahia e da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-Bahia) participaram, nesta sexta-feira (8), de uma reunião para o planejamento das ações do Ano Letivo de 2016. O foco é garantir a alfabetização das crianças, até os 8 anos de idade, meta prioritária do programa Educar para Transformar – Um Pacto pela Educação, que objetiva melhorar a qualidade do ensino público no estado.

Realizado no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, o encontro foi conduzido pelo secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto, e pela presidente da Undime-Bahia, Gelcivânia Mota Silva. Para assegurar a alfabetização das crianças na idade certa foi firmado o compromisso quanto à formação de professores alfabetizadores. A meta para 2016 é capacitar 29 mil profissionais das redes públicas estadual e municipais, que vão conduzir o processo de alfabetização de cerca de 500 mil alunos salas de aulas.

O secretário da Educação disse que “nós consolidamos, no final de 2015 e início deste ano, a construção de um Pacto pela Educação do Nordeste, que, alinhado com o programa estadual Educar para Transformar, trará grandes benefícios para a Bahia”. Segundo ele, com a parceria do Estado e Ministério da Educação (MEC), Undime e secretarias municipais, “conseguimos a unificação do programa estadual com o federal para a alfabetização na idade certa das crianças na Bahia”.

Mobilização em março

Ainda na reunião foi acertado o compromisso para realizar uma grande mobilização pela valorização da educação, em março deste ano, articulando as redes municipais e estadual e envolvendo professores, estudantes e famílias dos alunos. Também foi discutida a necessidade de alinhar as ações de incentivo à leitura nas escolas, além da participação da comunidade escolar na construção da Base Nacional Comum. Municipalização, transporte e unificação de calendário escolar também constaram da pauta.

“A reunião serviu para mostrar, na prática, o que é a construção do Sistema Nacional de Educação e que existe a necessidade de estabelecermos esse pacto federativo, compreendendo o que é tarefa do Estado e dos municípios, para que possamos entender o que nos une em defesa da escola pública e de qualidade”, disse a presidente da Undime Bahia.

‘Cantinhos de Leitura’

Segundo a vice-presidente da entidade e dirigente municipal de Educação no município de Una, Leninha Vila Nova, este estreitamento com o Governo da Bahia, através do programa Educar para Transformar, possibilita que a educação publica seja fortalecida. “Essa parceria garante a alfabetização na idade certa e uma educação social de qualidade. O Nordeste sairá na frente com programa próprio e que atenda as características e especificidades da Bahia”.

Para garantir a alfabetização das crianças até os 8 anos, a Secretaria da Educação do Estado distribuirá para as escolas municipais a coleção ‘Pactos de Leituras’, que contém 19 livros de literatura infantil de 16 autores baianos, com histórias referenciadas na realidade da Bahia. Os livros vão compor os ‘Cantinhos de Leitura’ de 21 mil salas de aula de alfabetização.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado da Bahia
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo