residencial Suicida matou a namorada com a ajuda de 'Regi' e 'Inho' em São Gonçalo - São Gonçalo Agora

Suicida matou a namorada com a ajuda de 'Regi' e 'Inho' em São Gonçalo

As polícias civil e militar de São Gonçalo dos Campos realizaram na manhã desta sexta-feira (04), por volta das 8h, na localidade do Xavante, zona rural, o levantamento cadavérico de Lucivaldo Barbosa Rodrigues, 32 anos, conhecido como "Dudu", que cometeu suicídio por volta das 6h dessa manhã.

Evangivaldo "Inho"
De acordo com informações da polícia, "Dudu" é mandante do assassinato de Jessica Sampaio "namorada", moradora da Rua Aviário no bairro Tomba/Feira de Santana, em 2013, cuja as investigações transcorriam sob sigilo policial de ambas cidades.

Em contato com o Serviço de Investigação da Polícia Civil de São Gonçalo, obtivemos as informações que: O autor do assassinato encomendado por "Dudu" foi Reginaldo Pereira "Regi", assassino de Marcos Vinícius (Guarda Municipal de Feira de Santana no dia 2 de maio deste ano). "Regi" também é autor do assassinato de "Carlinhos do Bar", em 2013, e do sequestro do empresário Geraldo Borges Lacerda Júnior, em 2014, com a participação de Evangivaldo Ferreira de Oliveira Filho, o Inho, morador desta cidade, que também tem participação no assassinato encomendado por "Dudu".

Segundo informações, "Dudu" já havia contratado um advogado e se apresentaria a polícia nesta manhã, porém sabendo que todo o mistério já estava desvendado, para não ser preso cometeu o suicídio, desferindo contra a própria cabeça um disparo de revólver calibre 38. Segundo Ana Rita Borges Rodrigues, irmã de "Dudu", ele deixou um vídeo, que não tivemos acesso, contando toda a sua participação e a dos demais envolvidos neste crime.

Todos os casos vieram a tona após a prisão de Evangivaldo no início desta semana que confessou todos estes crimes, e contou todos os detalhes a polícia. Na morte de Jessica, Evangivaldo participou pegando a vítima em casa, a mando de "Dudu", e levando-a para a beira do Rio Jacuípe, onde foi assassinada por "Regi" (que recebeu mil reais pela execução), foi amarrada a pedras e jogada no fundo do rio. Ainda com informações, o motivo do assassinato foi a desconfiança de traição por parte da vítima.

Com este suicídio, a polícia deve divulgar possivelmente ainda nesta sexta-feira (04) todos os demais detalhes deste e outros crimes praticados pela quadrilha de Reginaldo Pereira, que se encontra preso no Conjunto Penal de Feira de Santana juntamente com Júlio de Oliveira Ribeiro, o "Cabeção", e Evangivaldo, o "Inho".

Reginaldo Pereira (Regi) e Julio de Oliveira Ribeiro
São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Com informações e foto de André Silva
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo