Começa sábado (15) a Campanha Nacional de Vacinação - São Gonçalo Agora

Começa sábado (15) a Campanha Nacional de Vacinação


Vacinar na Bahia, de forma indiscriminada, 955.417 crianças de seis meses a menores de cinco anos, é a meta da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação, que acontece de 15 a 31 de agosto nos 417 municípios do estado. Este ano, o Ministério da Saúde determinou que 95% da população alvo, ou seja, no mínimo 907.698 crianças devem ser imunizadas contra a doença.

Em São Gonçalo dos Campos, a Secretaria Municipal de Saúde com o apoio da Prefeitura Municipal disponibilizará as vacinas nas 11 Unidades de Saúde, das 8h às 17h.

Esta será a 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o 26º ano sem casos da doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990. De acordo com o Ministério da Saúde, até que aconteça a certificação mundial de erradicação desse agente infeccioso, todas as ações devem ser mantidas, portanto é muito importante a continuidade desse trabalho que visa evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite no país.

Para a multivacinação, a Sesab, através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), informa que a campanha deverá atualizar o esquema vacinal de acordo com o calendário básico de vacinação na caderneta de saúde das crianças menores de cinco anos. Não há meta pré-estabelecida de crianças a serem vacinadas e de cobertura vacinal a ser alcançada.

Nas campanhas de Poliomielite e Multivacinação deste ano a FMS introduzirá uma novidade. Será o Boletim Diário de Comparecimento. No documento poderemos formalizar o comparecimento da criança à sala de vacina e assim termos parâmetros a seguirmos para analisarmos quantas crianças estão ou não com a caderneta atrasada e assim traçar novas estratégias para otimizar nosso trabalho.

Nos centros e postos municipais estarão disponíveis todas as vacinas que fazem parte do calendário nacional de vacinação da criança. A Sesab espera que os pais ou responsáveis não deixem de levar seus filhos para vacinarem contra a pólio e atualizarem o calendário vacinal.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo