residencial Nota de Esclarecimento da Polícia Militar de São Gonçalo dos Campos - São Gonçalo Agora

Nota de Esclarecimento da Polícia Militar de São Gonçalo dos Campos

A Polícia Militar do município de São Gonçalo dos Campos, vem através dessa nota, esclarecer à população sangonçalense referente à sua atuação em tentativa de combate à “GUERRA DE ESPADAS”, ocorrida na noite de sábado (27/6), tendo como áreas centrais a Praça da Matriz (centro) e ruas do Bairro do Estádio.

Apesar do grande transtorno causado a centenas de moradores e transeuntes dessas localidades e, do estrago material que os artefatos de pólvora causaram em diversos patrimônios particulares e públicos, a Polícia Militar, por conta do seu reduzido efetivo local, fica impossibilitada em atuar de forma “mais precisa”, no atendimento às dezenas de solicitações de chamados que chegaram ao nosso BPM, através do número (75) 8146 – 0021, por meio de mensagens de texto via WhatsApp ou através de chamadas de voz.

Uma das ações que agravam e prejudicam o trabalho da polícia, nessa situação, é a conivência de alguns moradores dos locais e de simpatizantes pela citada “GUERRA DE ESPADAS,” que dão proteção aos supostos “ESPADEIROS”, ajudando a esconder os artefatos em suas residências ou em pontos estratégicos, sempre que a viatura da Polícia Militar chega ao local informado na ocorrência. Também não podemos expor a nossa guarnição ao perigo de queimaduras, ou até mesmo ao incêndio da nossa unidade móvel (viatura).

Contamos com a compreensão e a colaboração de todos, no intuito de levarmos esse incômodo problema a esferas de autoridades como a do Ministério Público, antes que ocorra uma tragédia em nossa sociedade, ocasionada pelo desrespeito de alguns, a leis vigentes.

Na imagem a cima, a Polícia Militar apresenta a quantidade de artefatos (ESPADAS), apreendidos durante a operação nessa noite (27/6).

Atenciosamente: Ten. PM Laerte – Comandante do BPM/São Gonçalo

Com informações e foto da polícia
Fonte:São Gonçalo Alerta
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo