residencial Andréia, Irmã de Carine, fala sobre o reconhecimento do corpo - São Gonçalo Agora

Andréia, Irmã de Carine, fala sobre o reconhecimento do corpo

Familiares de Carine de Jesus Silva, 23 anos, comerciária, levada a força nesta terça-feira (06/01) pela manhã em Feira de Santana, no Conjunto Feira V, foi encontrado na tarde de ontem na Via Parafuso, em Itinga, Região Metropolitana de Salvador. Familiares da jovem reconheceram o corpo de Carine nesta manhã (07/01), no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, na capital baiana.

De acordo com Andréia, que falou ao vivo para o programa "Na Boca do Povo" pela Rádio São Gonçalo, Carine foi morta a facadas, sendo uma no coração, outra no pulmão e fígado, além de um corte no rosto.

O caso está sendo investigado pela (Dean) Delegacia de Atendimento à Mulher de Feira de Santana, polícia de Itinga e São Gonçalo dos Campos. Até o momento não se tem informações de Ronilson Macedo, acusado pela família da vítima como autor do sequestro e morte da jovem, bem como as motivações do crime.

O caso veio a tona logo após Andréia Silva, irmã de Carine, divulgar o ato do acuado Ronilson em seu perfil na rede social Facebook na manhã desta terça-feira. A informação deixou os São-gonçalenses perplexos.

Segundo informações, amigos de Ronilson dizem ter tentado falar com ele depois das informações no São Gonçalo Agora, mas ele não atende o telefone. Ninguém sabe onde ele está até agora.

ANDRÉIA FALA DO RECONHECIMENTO DO CORPO, SEQUESTRO E A VIDA DE SUA IRMÃ CARINE



RELEMBRE O CASO:

Como consta na publicação na rede social, um pedido de ajuda, publicado por “Andréia Silva”, moradora da cidade de Feira de Santana, no Bairro Feira V, onde informa que sua irmã, Carine, foi vista sendo levada em por Ronilson Macedo, morador da cidade de São Gonçalo dos Campos.

Nossa redação entrou em contato com Rafael e dona Isabel, irmão e mãe da suposta vítima e falaram para a nossa reportagem que, “Carine havia se separado de Ronilson e ele andava à sua procura. Hoje pela manhã, por volta das 8h, vizinhos ouviram e viram Carine sendo colocada em um Gol de cor prata e que pertence ao suposto acusado”. O telefone que ligamos também foi divulgado na publicação de Andréia Silva.

Ainda de acordo com Rafael, uma queixa já havia sido prestada na Dean em Feira de Santana e delegacia de São Gonçalo dos Campos. Após registrar a queixa, a mãe de Carine teve um principio de infarto e foi medicada na emergência do Hospital Municipal de São Gonçalo, sendo transferido imediatamente para o Cleriston Andrade em Feira de Santana.


São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo