residencial Aeronave faz pouso forçado na BR-101 em São Gonçalo - São Gonçalo Agora

Aeronave faz pouso forçado na BR-101 em São Gonçalo

Uma aeronave de pequeno porte, modelo Seamax, monomotor, com capacidade para dois tripulantes, realizou um pouso forçado na BR-101, no km 189, próximo à entrada do distrito de Afligidos, por volta das 16 horas desta segunda-feira (26/01), em São Gonçalo dos Campos.

De acordo com o Policial Rodoviário Federal J. Marcelino, a aeronave estava sendo pilotada por José Silva Do Vale Filho e Lázaro Camargo Ferreira Pereira, ambos de São Luis Do Maranhão.

Um dos pilotos informou que eles saíram de Ilhéus, no sul da Bahia, com destino a São Luis, no Maranhão, para entregar a aeronave ao seu proprietário, e por falta de combustível foi necessário fazer o pouso forçado.

Por pouco não aconteceu uma grande tragédia nesta tarde. A BR-101 tem um fluxo de veículos bastante intenso e, no momento da aterrissagem, a rodovia estava favorecendo os pilotos, que realizaram o pouso com sucesso.

Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, foi realizada uma revista geral na aeronave e nada de anormal foi encontrado. Os dados de identificação e licenças dos pilotos foram enviados para a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), mas até a conclusão desta matéria a PRF não havia recebido nenhuma resposta.

Depois de rastrear as identidades dos pilotos e ver que os mesmos não tinham nenhuma fixa suja na polícia, os patrulheiros decidiram liberá-los.

No intuito de prosseguir com o plano de voo, os pilotos providenciaram o combustível e abasteceram os tanques da aeronave. Porém a tentativa teve que ser abortada, pois o pequeno avião não funcionou.

No final da manhã desta terça-feira (27/01) a aeronave foi reparada tecnicamente, e com o auxilio da PRF, que interditou a rodovia, os pilotos conseguiram decolar e seguir com o seu plano de vôo, que é chegar em São Luis e entregar a aeronave para o seu dono. O nome do proprietário não foi informado a nossa reportagem.


A aeronave possui uma adesivo com o nome "Experimental".
São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo