residencial Os donos do trânsito de São Gonçalo e os bons exemplos - São Gonçalo Agora

Os donos do trânsito de São Gonçalo e os bons exemplos

O condutor deste caminhão estacionou nesta esquina, da praça J.J Seabra com a Rua Capitão Antonio Carlos  por volta das 8h desta terça-feira. Em menos de 20 segundos cerca de 8 veículos interditaram este local.
Nesta foto mais dois veículos, sendo um deles de propriedade de um comerciante da cidade. A placa no local indica "Proibido Estacionar". Às vezes até fila dupla é feita neste local. 


É um verdadeiro show de infrações
A falta de educação, consciência, prudência desses condutores é um recorde atrás do outro.  
Uma enorme disparidade é entender o porquê de não poder estacionar na Rua principal da praça Cazuza Machado, e antes e depois dela sim. É trocar seis por meia dúzia. Agora estacionam dos dois lados da Praça Padre Bráulio Seixas e Coronel Adriano Pedreira, sentido a prefeitura, ao ponto de os veículos só transitarem nessas duas vias em fila única. Ou vai ou vem, as duas coisas ao mesmo tempo não existe de hipótese alguma. Resultado, com tantos bons condutores trafegando o que temos são essas imagens acima. Até a viatura colabora com a sua pequena parcela.

Observe que tem um Táxi estacionado obstruindo uma rampa de acessibilidade, sem falar na distância impropria para estacionar em um cruzamento. A viatura, na contra mão, segundo o Código de Transito Nacional, no artigo 29, inciso VII, está correta apesar de atrapalhar o transito. O artigo diz  "Os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente...".

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo