residencial Moradores da João Durval pedem a atenção do governo municipal - São Gonçalo Agora

Moradores da João Durval pedem a atenção do governo municipal

Moradores do bairro João Durval em São Gonçalo dos Campos voltaram a procurar a redação do SGAGORA para pedir a atenção do poder público municipal para com a Avenida Nossa Senhora de Fátima. O problema na Avenida não é novo, há anos os moradores sonham e esperam a concretização das promessas de inúmeras campanhas eleitorais.

Fotos enviadas pelos moradores

As famílias que ali residem sofrem com a falta de pavimentação, matagal que toma conta de tudo, terrenos abandonados cheios de matos dando abrigo a marginais, usuários de drogas à noite tocando o terror na rua, rondas policiais que não existem, além da grande dificuldade que é conviver com as muriçocas, oriundas dos esgotos ao ar livre e muito mato. Segundo uma moradora, "as luzes dos postes de energia piscam feito vagalume", ou seja, lá é Natal todo dia!

Avenida Nossa Senhora de Fátima

Avenida Nossa Senhora de Fátima
Em 03 de abril deste ano nossa reportagem foi convidada a ver de perto a situação do local e até publicamos uma matéria.

Relembre!

Moradores pedem mais atenção para o Bairro João Durval

Por Sandro Araújo
Avenida Nossa Senhora de Fátima, bairro João Durval
Nossa reportagem foi solicitada por moradores do Bairro João Durval, em São Gonçalo dos Campos, na Avenida Nossa Senhora de Fátima, com o pedido de mostrarmos a real situação em que algumas famílias estão vivendo neste ponto do bairro.

Eliene Mauricio Pereira
No local, conversamos com a dona de casa Eliene Mauricio Pereira.
Segundo dona Eliene, o local onde ela e sua família residem há 22 anos, além de outras pessoas que ali também residem, necessita urgentemente de melhores condições de vida.
Em poucos minutos dezenas de pessoas relataram a nossa reportagem inúmeros problemas vividos na citada avenida.
São eles: “Pavimentação incompleta; matagal tomando conta de tudo; terrenos abandonados cheios de mato, dando abrigo a marginais; usuários de drogas a noite; falta da presença da polícia; as luzes dos postes de energia piscam feito vagalume”.
Também foi citado que, em época de chuvas a enxurrada que desse da parte alta e calçada do bairro invadem as casas do final da avenida, parte sem pavimentação e nenhum meio para escoamento dessas águas. Outra reclamação foi com relação a coleta de lixo. Segundo os moradores, devido a falta do calçamento, o caminhão de lixo não pode descer até o final da avenida, e com isso, os moradores precisam levar os lixos até a parte calçada, a uma distância de quase 100 metros.

Buraco aberto pelos elementos
Ainda segundo dona Eliene, única corajosa do local a aparecer em nosso site, uma casa inacabada abandonada virou abrigo de usuários de drogas. “Eu já perdi as contas dos cadeados que comprei para tentar manter essa casa fechada”, disse a senhora.
Os elementos fizeram buracos na parede da casa para entrarem e usarem drogas.
De acordo com os moradores, uma moradora do local recebe sempre visitas de pessoas estranhas e que aparentemente podem ser envolvidas com drogas. A identidade dessa moradora não foi revelada.

Em contato com o prefeito Antonio Dessa (PSD), fomos informados que melhorias nessa área serão realizadas assim que concluídos os trabalhos em andamento na Avenida Cazumba. Segundo o prefeito, ele próprio já observou o bairro e entende que urgentemente precisa de trabalhos no local.

São Gonçalo Agora
Reportagem e fotos/Sandro Araújo

Casa abandonada que virou abrigo de usuários de drogas
Casa abandonada que virou abrigo de usuários de drogas
Casa abandonada que virou abrigo de usuários de drogas
Casa abandonada que virou abrigo de usuários de drogas
Avenida Nossa Senhora de Fátima
Avenida Nossa Senhora de Fátima
Avenida Nossa Senhora de Fátima
Avenida Nossa Senhora de Fátima
Avenida Nossa Senhora de Fátima
Rua ao lado da Escola da João Durval (Ao final da rua à esquerda , é Avenida Nossa Senhora de Fátima)
Eliene Mauricio Pereira
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo