residencial Intoxicação é a maior suspeita para a morte de Jardineiro - São Gonçalo Agora

Intoxicação é a maior suspeita para a morte de Jardineiro

A morte aconteceu em sua residência. O jardineiro havia inalado um produto tóxico, levado ao hospital após passar mau na quinta e ontem (15), foi atendido e liberado nas 2 vezes, e neste sábado morreu em casa.

Fernando Queiroz, 52 anos, popular Chico Jardineiro, chegou morto ao Hospital Municipal de São Gonçalo, por volta das 11h da manhã deste sábado (16/08), após passar mau em sua residência e ser socorrido por familiares.

De acordo com depoimentos de uma das irmãs da vítima, Chico, na última quinta-feira (14) pela manhã, manuseava uma substancia tóxica em pó (veneno) enquanto trabalhava, quando acidentalmente inalou o produto. No momento do acontecido ele foi levado às pressas ao um "posto médico". Atendido, ficou em observação sendo liberado em seguida.

Nesta sexta ele voltou a não se sentir bem, e mais uma vez recebeu atendimento médico, voltando a ser liberado. Hoje por volta das 10:30h, ele desmaiou em um dos cômodos de sua residência, sendo socorrido ao "hospital" onde já chegou sem sinais vitais, conforme boletim médico. A família desconfia que o motivo tenha sido em decorrência à inalação do produto.

Chico Jardineiro era uma pessoa muito querida na cidade e residia no Bairro Nova Brasília. Amigos e parentes lamentam muito a sua morte. Ele era solteiro, e deixa um filho de 12 anos.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Fonte/São Gonçalo Alerta
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo