residencial Tatuador mata adolescente por ciúmes e se vangloria pelo Facebook - São Gonçalo Agora

Tatuador mata adolescente por ciúmes e se vangloria pelo Facebook

Vítima estava flertando com a namorada do tatuador, uma garota de 17 anos
Tallys confessou o crime
O tatuador Tallys Tanilis de Oliveira Brito, 24 anos, admitiu ter matado um adolescente de 15 anos por ciúmes da namorada ao se apresentar à Delegacia de Homicídio de Mossoró, no Rio Grande do Norte. O crime ocorreu no último sábado (8) dentro de um comércio de água mineral.

Um dia depois, Tallys usou o Facebook para se vangloriar pelo homicídio. "A boca só se cala quando o tiro acerta", escreveu. O tatuador ainda completou: "Nunca mecha com mulher d malandro vc pode acaba morrendo isso é aq na cadea ou em qualquer canto. detalhe nao foi so uma vez (sic)".

De acordo com delegado Cleiton Pinho, a vítima estava flertando com a namorada do tatuador, uma garota de 17. Ainda segundo o delegado, as postagens na rede social ajudaram a polícia a identificar o suspeito. 

"Ele matou de cara limpa, sem esconder o rosto. Depois de atirar na cabeça e no ombro do garoto, ele ainda fugiu na bicicleta da vítima. Testemunhas o reconheceram. As postagens que ele fez no Facebook também colaboraram como provas de que ele matou porque o adolescente estaria mexendo com a mulher dele", disse o delegado ao G1. 

Apesar de ter confessado o crime, Tallys foi liberado após o depoimento por não ter sido preso em flagrante. A polícia já solicitou o pedido de prisão à Justiça. O tatuador deve responder por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e pelo fator surpresa. Correio.


Postagens feitas por Tallys no Facebook

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo