residencial Bandidos armados roubam Mercadinho e Farmácia em São Gonçalo - São Gonçalo Agora

Bandidos armados roubam Mercadinho e Farmácia em São Gonçalo

Farmácia São Roque (Centro da Cidade)
Quatro elementos ainda não identificados cometeram dois assaltos no final da tarde desta quinta-feira (30) em São Gonçalo dos Campos. A primeira ação dos bandidos aconteceu no Mercadinho de Rose no bairro José Sarney, e em seguida foi a vez da Farmácia São Roque no centro da cidade. Os quatro elementos estavam em um veículo Gol, de cor vermelho, demais dados ignorados.

Segundo os irmãos Rodrigo e Hugo Gavaza também proprietários do estabelecimento, a ação foi muito rápida. "Após anunciarem o assalto, um ficou com uma arma apontada todo o tempo para mim no balcão do Bradesco Expresso, enquanto outro elemento pulava o balcão da farmácia em busca de dinheiro. Por sorte os caixas já tinham sido fechados e o dinheiro enviado para um lugar seguro. Não encontrado nada de maior valor, apenas dois celulares foram levados", disse Hugo Gavaza.

De acordo com informações de Rodrigo, serão entregues a polícia as imagens do circuito interno de segurança, no intuito de serem expostas no sistema da polícia as identificações dos quatro elementos, já que os mesmos não usavam nada cobrindo os rostos. 

A quadrilha fugiu sentido BR-101 sem deixar rastros para a polícia. Nossa reportagem não obteve informação com relação à quantia roubada no Mercadinho.

Alguns comerciantes vem se queixando, já a um certo tempo a nossa reportagem. Segundo eles, a forma com a polícia de São Gonçalo trabalha é muito arcaica, a viatura fica sempre em um determinado horário parada em algum ponto especifico da cidade, o que dar oportunidade aos bandidos a saberem o momento exato de um eventual assalto. Nunca a polícia de São Gonçalo teve a oportunidade de agir de imediato em algum assalto na cidade. Pelo contrario, os bandidos ainda passam em frente da delegacia.

Quais frutos virão das audiências publica realizadas para tratar da segurança em São Gonçalo? Será que as autoridades desta cidade só sabem falar e não tem palavras? Arrombamentos, assaltos, caixas explodidos e nenhuma providência, apenas falácias e mais falácias...  Pelas contas do São Gonçalo Agora, a cerca de 6 anos que se vem discutindo uma forma de coibir, pelo menos os assaltos no centro da cidade. Sem sucesso: Pelo jeito, se preparem, os assaltos vão continuar! E a falação também.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo