residencial De mão em mão, a Seara Alimentos de São Gonçalo agora pertence a Friboi - São Gonçalo Agora

De mão em mão, a Seara Alimentos de São Gonçalo agora pertence a Friboi


Com a compra, o grupo JBS, liderado pelo empresário goiano Joesley Batista, se consolida como o produtor de alimentos e proteína animal do mundo. Além disso, passa a ser também patrocinador oficial da Copa do Mundo de 2014, uma vez que a Seara havia adquirido uma das cotas

Por Sandro Araújo

A Marfrig confirmou na manhã desta segunda-feira (23/09) a venda de suas marcas Seara Brasil e Zenda, fabricante de couros acabados e cortados, para o Grupo JBS. O negócio está avaliado em R$ 5,8 bilhões sendo que o comprador assume as dívidas das empresas vendidas.

A dívida da Marfrig no fim de março somava quase 13 bilhões de reais. A meta da empresa é reduzi-la em até 2 bilhões de reais no fim de 2013.

Na divulgação mais recente dos resultados trimestrais, o presidente da Seara Brasil, Sérgio Rial, que está em fase de transição para assumir a presidência da Marfrig em 2014, disse que a companhia estava focando na redução de custos, fechando unidades e colocando alguns ativos à venda.

Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), com a venda, a Marfrig pretende reequilibrar sua estrutura de capital. “O objetivo é reforçar seu foco no Brasil na área de carne bovina, de distribuição e o redirecionamento estratégico ao segmento de 'food service' e acelerar o crescimento de sua plataforma internacional”.

Já a JBS cria a segunda maior plataforma de carnes processadas do país. “Abre grande espaço para captura de sinergias e está alinhada com a estratégia de agregação de valor e construção de marcas da JBS. Ambas as empresas, com isto, buscam gerar valor para seus acionistas”, diz o fato.

A JBS entrou no mercado de aves no Brasil em maio do ano passado, quando alugou os ativos da Frangosul, mas com vistas ao mercado externo. A companhia já atua no segmento de aves nos Estados Unidos com a Pilgrim's Pride.

São Gonçalo Agora
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo