residencial Chefe da Guarda Municipal de São Gonçalo fala da Semana Nacional do Transito - São Gonçalo Agora

Chefe da Guarda Municipal de São Gonçalo fala da Semana Nacional do Transito

Foto de Edilson Produções
Por Sandro Araújo

Durante todo o dia desta terça-feira (24) a Guarda Municipal de São Gonçalo dos Campos, juntamente com representantes da SINDKOSAN, experientes motoristas e taxistas da cidade, estarão participando de palestras direcionadas à Semana Nacional do Transito que se encerra nesta quarta-feira (25).As palestras ocorrerão no Centro Paroquial em horário comercial.

Em São Gonçalo, segundo o chefe da guarda municipal, Sr. Jorge Nei, “o intuito é levar esclarecimentos aos condutores sangonçalenses, buscando uma melhora significante em tudo envolvendo o transito em São Gonçalo”.

Ainda de acordo com Jorge Nei, “a guarda municipal em conjunto com a PM vem trabalhando no intuito de orientar os condutores da cidade já que não possui o poder de aplicar punições, mas está sendo muito difícil adquirir um resultado positivo, pois alguns motoristas, comerciantes insistem em estacionar seus veículos em locais proibidos. Na maioria das vezes eles colocam o carro ao lado da placa de sinalização e vem gerando um grande caos no transito da cidade”.

Segundo o tecnólogo e soldado da PM Denivaldo, “todo o caos no transito de São Gonçalo é oriundo da não aplicação da medida punitiva, ou seja, o sistema punitivo do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) não vem sendo aplicado amplamente no município”. Ao que indica se não houver punições com multas e um trabalho mais amplo e voltado exclusivamente para a organização do transito na cidade, o problema só aumentará em São Gonçalo dos Campos.

Como o chefe da guarda municipal falou os principais interessados na fluidez do trafego aqui em São Gonçalo não estão colaborando.

É cotidiano comerciante estacionar em frente à loja, Vans da SINDKOSAN e outras do transporte alternativo fazerem até mesmo da placa proibido estacionar, na J.J Seabra de ponto de desembarque, caminhões descarregando para casas comerciais na Capitão Antônio Carlos ao lado do Espaço Cultural e J.J Seabra.

Na opinião dos leitores do Planeta1410 e São Gonçalo Agora, “os guardas municipais e a PM nunca darão conta do transito na cidade, e sim a municipalização do transito”, coisa muito distante de acontecer.

Ouça a matéria na integra

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo