residencial Casos de abuso e exploração sexual crescem em São Gonçalo dos Campos - São Gonçalo Agora

Casos de abuso e exploração sexual crescem em São Gonçalo dos Campos

Por Sandro Araújo

Um dado alarmante e preocupante foi divulgado de forma exclusiva esta semana pelo Conselho Tutelar de São Gonçalo dos Campos através do conselheiro Domingos de Santana.

Foto Divulgação
Neste ano 19 casos de abusos sexuais contra menores de idade, de ambos os sexos, já foram registrados através de denuncias anônimas, ou feitas por parentes ou responsáveis dos menores.

Entre 2011 e 2012 foram 21 casos denunciados. Segundo o conselheiro Domingos, geralmente o agressor é alguém de confiança da família que aproveita dispor dessa credibilidade para praticar o crime.

Ele ainda explica que a partir do momento em que as denuncias chegam até eles, de imediato é aberta uma investigação por parte do próprio conselho, ouvindo o(a) menor, as testemunhas e o suposto agressor ou agressora. Comprovando a veracidade do fato, o caso é encaminhado à Delegacia de Polícia, onde é instaurado um inquérito, e consequentemente o caso é levado ao Ministério Público.

Os menores com idades abaixo de 12 anos, são os mais vitimados pelo crime de abuso sexual, aqui em São Gonçalo.

Muitos pensam que abuso sexual infantil é ter uma relação sexual completa com uma criança, mas a definição é muito mais ampla do que isso.

Domingos de Santana, conselheiro tutelar (Foto: Erivaldo Oliveira)
Podemos caracterizar o abuso como:

Tocar a boca, genitais, bumbum, seios ou outras partes íntimas de uma criança com objetivo de satisfação dos desejos; forçar ou encorajar a criança a tocar um adulto de modo a satisfazer o desejo sexual. Fazer ou tentar fazer a criança se envolver em ato sexual. Forçar ou encorajar a criança a se envolver em atividades sexuais com outras crianças ou adultos. Expor a criança a ato sexual ou exibições com o propósito de estimulação ou gratificação sexual. Usar a criança em apresentação sexual como fotografia, brincadeira, filmagem ou dança, não importa se o material seja obsceno ou não.

As parcerias entre Polícia Militar, CREAS, Polícia Civil, Secretária de Educação, Secretária de Saúde, Secretária de Ação Social e Prefeitura Municipal, são fundamentais para a realização dos trabalhos do Conselho Tutelar. Qualquer denuncia envolvendo menores podem ser feitas através dos números: (75) 8255 1596 ou pelo Disk 100. Blog São Gonçalo Alerta.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo