residencial Polícia de São Gonçalo elucida casos de homicídios na cidade - São Gonçalo Agora

Polícia de São Gonçalo elucida casos de homicídios na cidade


Por Sandro Araújo

A policia de Civil de São Gonçalo, através do SI (Serviço de Investigação), divulgou nomes e fotos de quatro acusados de homicídios presos nos dias 15 e 16 deste mês, por força de mandados de prisões temporárias, expedidos pelo Juiz Antônio de Pádua de Alencar da vara crime do Fórum Ministro João Mendes.
Fotos de Edilson Produções/São Gonçalo Agora
Acusados
Os irmãos Emerson da Cruz Lima - vulgo (Seco) e Enderson da Cruz Lima – vulgo (Naí), ambos moradores do bairro Areal em Feira de Santana, e Jackson Lima Silva – vulgo (Prego) e Valdemir Pinto dos Santos – vulgo (Doca ou Mole), moradores do bairro Brasília em Feira de Santana, estão sendo acusados de terem envolvimento no assassinato de Renan Costa Mascarenhas, no dia 14 de julho deste ano. A execução ocorreu próximo ao Clube Águas Claras no Povoado do Magalhães.

Doca é acusado também no assassinato de Bruno Reis, ocorrido no ano passado no povoado do Magalhães.

Segundo a polícia, todos os acusados têm envolvimento na morte de Diego Gil da Silva Santos, filho de um policial, no dia 03 deste mês, em frente ao bar Berimba Drinks, no bairro do São João, e de Taiane Coelho Magalhães, filha de um pastor de Feira de Santana, ocorrido no dia 08 de Junho, após uma briga no Bar Tapera Fest. O crime aconteceu quando Taiane retornava para Feira de Santana.

Segundo a delegada Cristiane Oliveira titular da delegacia de São Gonçalo, dos 8 mandados de prisões temporárias, 4 foram cumpridos e os outros 2 serão nos próximos dias. “A polícia civil de São Gonçalo trabalha incansavelmente para combater o crime e tirar os homicidas das ruas”, disse a delegada. Segundo ela, “com apenas um ano na cidade, já é possível observar a justiça sendo feita em São Gonçalo, dos mandados de prisão preventiva pedidos por ela, inclusive quando se trata de homicídios, dificilmente os acusados conseguem responder o crime em liberdade”.

Os acusados estão presos à disposição da justiça no presídio Regional de Feira de Santana.

São Gonçalo Agora com informações de André Silva
Foto Edilson Produções
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo