A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (17/4) nos municípios de Feira de Santana e Conceição da Feira, uma operação de combate ao esquema de fraude em declarações do Imposto de Renda pessoa física, batizada de "Operação Malha 325". A operação integra um conjunto de ações da Receita Federal e conta com apoio do Ministério Público Federal.

De acordo com informações do G1/BA, segundo apurações da PF, "contribuintes haviam informado despesas de saúde falsas e contratado os serviços de um mesmo escritório de contabilidade, desde 2012. Segundo aponta a investigação, as consultas médicas e os tratamentos odontológicos declarados não teriam existido. A Receita Federal estima que as deduções indevidas nas declarações transmitidas pelo escritório de contabilidade correspondem a um valor de R$ 1,5 milhão.

Na tentativa de burlar a fiscalização, os contribuintes intimados pela Receita Federal apresentavam recibos que teriam sido providenciados pelo próprio contador, combinado com os profissionais de saúde. Assim, os contribuintes obtinham redução do imposto a pagar ou aumento da restituição.

Estão sendo cumpridos quatro mandados judiciais de busca e apreensão na residência e no escritório de um contador, e em consultórios médicos e odontológicos. Dezoito policiais federais e 12 servidores da Receita Federal participam da operação.

Polícia Federal cumpre mandados em Conceição da Feira
Apesar da situação a Receita Federal informa que os contribuintes envolvidos serão notificados pelo órgão, mas antes da notificação, é possível fazer a autorregularização da situação fiscal, através da apresentação das declarações retificadoras e pagamento das diferenças devidas.

Quem não regularizar a situação será autuado e podem pagar de multas de até 150% sobre o valor do imposto apurado e de juros moratórios, além de serem representados pelos crimes contra a ordem tributária, para aplicação das sanções penais.

Já o contador que oferecia o serviço e providenciava irregularmente os recibos médicos deverá responder a processo criminal e sofrer representação junto ao conselho de classe a que pertence. A Receita Federal recomenda que os contribuintes desconfiem de pessoas que prometem facilidades para reduzir o valor de imposto a pagar ou aumentar o imposto a restituir".

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Fotos de André Silva
O vazamento é na Rua principal de CIS em São Gonçalo dos Campos, ao lado da empresa Branox. Segundo moradores do local, há cerca de dois meses a água "corre a céu aberto" e a Embasa - Empresa Baiana de Águas e Saneamento não realizou os devidos reparos na rede.

Ainda segundo os moradores, o vazamento é bem no meio da rua e a cada dia só aumenta. "No início era apenas uma mancha no local, hoje, o pequeno vazamento está bem próximo de um chafariz. Nesses dois meses milhares de litros de água já foram desperdiçados.

Assista ao vídeo enviado por um leitor


São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Mais uma vez o cantor de arrocha Nel Kibolly foi assaltado na localidade de Boa Hora, em São Gonçalo dos Campos. A ação dos bandidos aconteceu na noite desta quarta-feira (15/4).

Segundo a assessoria do artista, ele pilotava por volta das 20:30h, uma moto Yamaha Factor YBR 125, de cor vermelha, placa NZH-4323, licença de Feira de Santana, quando dois indivíduos armados saíram do mato, perto do ponto de Vavá ao lado da Gujão, e deram voz de assalto. A moto, emprestada, e o aparelho celular do cantor foram roubados pelos indivíduos, que seguiram sentido ao município de Feira de Santana.

Informações dão conta que esses mesmos bandidos haviam também tomado em assalto, próximo a este local, uma Honda Biz, de demais dados ignorados. 

Em contato com o artista na noite desta quinta-feira (16/4), a redação do São Gonçalo Agora foi informada que essa é a segunda vez que ele é assaltado naquela região e tem sua moto roubada. Nas duas vezes os indivíduos saíram do mato e praticaram o assalto. Ainda segundo Nel Kibolly, que no momento do assalto estava com sua esposa, os dois bandidos são negros, sendo que um deles bem escuro e usava um corte de cabelo "moicano", e o outro vestia um blusão com capuz. 

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Foto ilustrativa
O governador Rui Costa assina nesta sexta-feira (17), às 9h30, em Conceição de Feira, a ordem de serviço para a implantação de rede de distribuição de água, que beneficiará os habitantes das localidades de Gravatá, Baixa da Pindobeira e Onze Mil Virgens.

Serão mais de 10 mil metros de rede e 455 ligações domiciliares, com investimento superior a R$700 mil, com recursos próprios da Embasa. A previsão é que a obra seja finalizada em seis meses.

O governador entrega ainda à comunidade de Cajazeiras, o novo sistema de distribuição de água do povoado. Foram implantados cinco mil metros de rede de distribuição e 100 ligações domiciliares, com investimento de R$ 228 mil, da Embasa, empresa vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS).

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Secom/Governo da Bahia
A "reforma" do Ginásio de Esportes, de responsabilidade do Governo do Estado, teve início em maio de 2014. Segundo informações, a obra seria concluída num prazo de três meses. Às vésperas de completar um ano em reforma, ainda não se sabe quando e em qual estado será entregue o ginásio.

Em 2010, a responsabilidade pelo ginásio, que faz parte do Colégio Estadual Polivalente de São Gonçalo dos Campos, foi passada à prefeitura municipal. O uso do mesmo era dividido entre o Colégio e a Secretaria de Cultura e Esportes da cidade, que tinha como secretário o Sr. Narciso Amâncio da Silva. Depois de um certo período toda a responsabilidade e administração foi passada novamente à direção do colégio, e consequentemente ao governo do estado.

Até o início desta inacabável obra, há mais de 20 anos o ginásio não passava por uma reforma geral. Após ser completamente interditado, todas as aulas de educação física passaram a ser realizadas, há cerca de 5 anos, nas salas de aula, e na maioria das vezes em baixo de uma árvore no pátio do colégio.

No momento, observando pela sua parte externa, onde tivemos acesso, o ginásio continua completamente destelhado e com as portas lacradas. A impressão é de total abandono e a obra não apresenta nenhum tipo de avanço.

A quadra poliesportiva do colégio também está passado por reformas desde o início da ano passado (2014). Uma cobertura está sendo construída para a quadra, que a passos de tartaruga, também não se sabe quando será entregue aos alunos do município. Pelas imagens do local, tudo indica que ainda vamos esperar, por muito tempo.

Cobertura da quadra poliesportiva
Canteiro de obra
A impressão é que nada está sendo feito no local
Cobertura da quadra poliesportiva
Ginásio de Esportes do Colégio Polivalente
Ginásio de Esportes do Colégio Polivalente
Ginásio de Esportes do Colégio Polivalente

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
A Prefeitura Municipal de São Gonçalo dos Campos realizou mais algumas mudanças em seu secretariado na tarde desta terça-feira (14). As mudanças aconteceram na área da educação da cidade.

De acordo com as portarias publicadas hoje no Diário Oficial do Município, foram exonerados; o Sr. Luciano Carvalho de Assis (Secretário de Educação), a Srª Alessandra Barbosa da Paixão Lo Bianco (Diretora da Escola Agripina de Lima Pedreira), e a Srª Ediana Leal dos Santos Gomes (Vice-Diretora da Escola Agripina de Lima Pedreira).

A partir de hoje, a nova Secretária de Educação do Município de São Gonçalo dos Campos é a Srª Alessandra Barbosa da Paixão Lo Bianco. A nova Diretora da Escola Agripina de Lima Pedreira é a Srª Ediana Leal dos Santos Gomes, e a Vice-Diretora é a Srª Conceição Maria Daltro Gonçalves. As nomeações também já foram publicadas no Diário Oficial do Município.

Como consta em uma das portarias, a exoneração do Sr. Luciano de Assis, aconteceu em atendimento ao seu pedido. O motivo ainda não foi repassado a imprensa. Luciano exerceu o cargo de confiança desde o dia 31 de julho de 2013. Na época ele substituo o ex-secretário Narciso Amâncio da Silva.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Foto de Erivaldo Oliveira
O assalto aconteceu por volta das 18:40h deste último sábado (11), em uma das praças da matriz, localizada em frente a clínica São Francisco em São Gonçalo. De acordo com uma das vítimas, que no momento retornava do trabalho, o indivíduo estava a pé e armado com uma pistola. O assaltante subtraiu dois aparelhos celulares das suas jovens que passavam pela praça. As queixas já foram prestadas. Segundo informações de populares, o assaltante é da cidade e outras pessoas também já tiveram seus aparelhos roubados por ele.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
O 9º Passeio Motociclístico do Distrito de Mercês, em São Gonçalo dos Campos,  foi cancelado pelos organizadores neste domingo (12), logo após a polícia militar da cidade apreender cerca de 20 motos, todas apresentando várias irregularidades segundo a polícia. A operação teve o comando do Tenente PM Laerte, comandante do BPM/SG com o consentimento do Major Jader, comandante da 57ª Companhia Independente em Santo Estevão.

De acordo com o relatório da operação, um dos organizadores do passeio, o Sr. José Cirilo "Gui", procurou a polícia militar para informar a realização do passeio, foi lhe passada algumas regras, e após esse primeiro contato a polícia não foi mais procurada.

Motos apreendidas e caminhão danificado
"Expliquei-lhe que deveria ser observado aquilo que prescreve o Código de Trânsito Brasileiro sobre a circulação de veículos automotores, ressalvada uma, que eu entendi no momento facultar para que não se tornasse inviável o acontecimento; licenciamento em dias. Também fiz ressalvas severas acerca da questão das motos sem placas, faróis, descargas alteradas para produzir ruídos, habilitação, capacete e proibição de menores Surpreendentemente, não fui mais procurado pelo citado organizador, com o ofício de praxe para informar ao órgão de segurança, e entendi que o passeio não mais aconteceria devido as exigências.

Na última semana porém, observei o carro de som anunciando a venda das camisas e algumas orientações sobre o 9º Motopasseio de Mercês, e ainda assim, não havia sido até o momento oficiado para tomar as devidas providências e precauções afim garantir a ordem e a segurança das pessoas que ali estariam", disse o tenente.
Ainda de acordo com o relatório, "no dia 23 de março de  2014, o mesmo passeio causou uma série de problemas aos moradores da cidade de São Gonçalo dos Campos. Entre as queixas da população; o barulho ensurdecedor das descargas alteradas, veículos sem placas, condutores fazendo manobras arriscadas, transito de motocicletas pelas calçadas e praças do centro da cidade e menores conduzindo, condutores sem utilizar equipamentos obrigatórios de segurança e de proteção individual (como capacetes, retrovisores e faróis), transitando com excesso de pessoas e de velocidade, conforme reportagem da época divulgada em sites locais.

Foto arquivo do 8º Passeio, realizado em 2014
A Câmara de vereadores fez na sessão do dia 25/03/14, uma nota de repúdio e convocou os representantes da Polícia de São Gonçalo para dar explicações. Posteriormente também, a então Juíza de Direito, Exma. Eli Cristiane e a promotora Drª. Laise Carneiro, numa reunião com a presença ainda do Ten Cel PM Samuel de Melo e da delegada Cristiane Oliveira. Na oportunidade ainda fotos foram entregues pelo repórter Edson Cerqueira.

Numa das fotos aparece uma viatura acompanhando o passeio, o que gerou ainda mais revolta na população, pois era claramente uma afronta à legalidade. Verificou-se mais tarde que a viatura de outra companhia e não a viatura local que inclusive apreendeu algumas dessas motos irregulares, mas devido à grande quantidade de público, aproximadamente 2mil pessoas, foi insuficiente para trazer a tranquilidade."

Neste domingo, após a apreensão das motos, cerca de 180 pessoas que participariam do passeio realizaram um manifesto contra o ato da polícia, e o clima ficou bastante tenso. Além dos manifestantes jogarem pedras na polícia, o motorista do caminhão, que foi solicitado para recolher as motos, foi agredido com um tapa quando dava partida no veículo, que também foi parcialmente depredado.

A polícia local solicitou o apoio de mais viaturas do Ceto/CPRL, do PETO, Asa Branca e CAEL. Diante do forte apoio policial a tensão foi contida e nenhum policial ou manifestante foi agredido.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Informações e fotos da polícia
A Escola Maria José Borges Falcão fica situada no distrito de Mercês em São Gonçalo dos Campos. Parte do varandado da escola veio abaixo nesta sexta-feira dia (10), horas depois de uma madrugada de forte chuva em São Gonçalo e toda região.  Ainda não sabemos se a parte que veio abaixo estava com sua estrutura comprometida, ou se o desabamento foi provocado apenas pela chuva. A expectativa é que a Secretaria de Educação da cidade faça algum esclarecimento nesta segunda-feira (13). Ninguém se feriu.

Uma das árvores "Oiti" da Praça Padre Bráulio Seixas, na Matriz, que ficava ao lado de uma barraca de sorvete, caiu repentinamente sobre a barraca, também danificando completamente duas motos e um veículo.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Fotos do Facebook