Veículo utilizado pelos elementos
Policiais Civis de São Gonçalo e Conceição da Feira trocaram tiros com elementos na localidade da Taperinha e Mangabeira divisa entre São Gonçalo e Conceição da Feira.

De acordo com informações, três elementos em um veículo Ford Fiesta, cor prata, placa policial NTW – 2660 licenças de Feira de Santana, roubado, estavam tocando o terror na localidade, dando vários disparos de arma de fogo para cima. As policias foram acionadas, e ao chegarem trocaram tiros com os elementos que empreenderam fuga, bateram com o veículo em uma cerca e fugiram a pé adentrando em um matagal.

Essa é a segunda ocorrência policial na cidade após estourada a greve da PM.


São Gonçalo Agora
Informações e Foto de André Silva
Sandro Araújo - O governador Jaques Wagner se reúne, nesta quinta-feira, com o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, o comandante da sexta Região Militar, general Racine Bezerra, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro, e representantes das Forças Armadas, da Força Nacional e da Polícia Federal.

O encontro acontece ao meio-dia na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia, e tem o objetivo de operacionalizar a segurança pública do Estado.

Participam ainda da reunião o diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, o comandante Força Nacional de Segurança, coronel Aragon, a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Mike, o ministro da Defesa Interino, Brigadeiro Saito, o chefe da Casa Militar, coronel Carlos Augusto Gomes, entre outras autoridades nacionais e estaduais.

Essa matéria será atualizada com os áudios da reunião.

São Gonçalo Agora/Secom-Ba
Prefeito Furão
O prefeito Antonio Dessa (Furão) acabou de informar ao São Gonçalo Agora, que as inaugurações previstas para este fim de semana, vão sim acontecer na cidade.

O prefeito esteve acompanhando passo a passo as negociações entre os dirigentes sindicais e o governo, e decidiu confiar no final da greve.

No início dessa manhã, Furão havia divulgado nos principais veículos de comunicação da cidade e neste portal, que "mesmo se a greve acabasse não haveria  tempo hábil para sentar com as policias militar e civil para organizar a segurança".


Em Feira de Santana o prefeito José Ronaldo também confirma a realização da Micareta de Feira 2014 está suspensa.

Representantes do comando grevista e deputados
Se a greve continuasse, além da liminar determinando a imediata paralisação da greve da Polícia Militar na Bahia, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 1,4 milhão. A Justiça Federal determina, ainda, o bloqueio de bens de Marco Prisco, das associações envolvidas no movimento paredista e de seus dirigentes.

O Coronel Edmilson Tavares, presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPMBA) - Força Invicta, informou durante a manhã  que o indicativo da reunião entre as entidades e representantes do governo é mesmo de fim de greve. “Não é nada oficial. Mas tudo indica que é o fim da greve”, disse Edmilson Tavares.

Agora é oficial, a greve acabou.

ACOMPANHE AQUI:

13h53 - Entre as proposas apresentadas, não haverá punição;

3h49 - Prisco é aplaudido

13h47 - Prisco pede sabedoria a todos

13h46 - O líder grevista destaca ainda as conquistas da categoria a exemplo do GAP 4 e lamenta a perda dos três policiais assasinados neste período de greve

13h45 - Prisco relembra a greve de 2012 e destacou os avanços que os policiais tiveram

13h43 - Documento começa a ser lido

13h42 - Capitão Tadeu chega no Wet

13h39 - Deliberações foram tomadas com representantes de todas as associações para que não houvesse suspeita de traição, afirma Capitão Luciano da Associação Dois de Julho

13h38 - EStão esperando mais alguns representantes se organizarem no minitrio

13h37 - Expectativa é grande entre a categoria

13h31 - Policiais em silêncio aguardando as informações do documento

13h27 - Presidentes das associações se posicionam ao lado de Prisco

13h26 - Prisco pede tranquilidade. "Todos escutem o que vou dizer", pede líder revista, ressaltando que não haja grito de guerra.

13h25 - As deliberações só serão lidas quando todos os membros das associações estiverem aqui, afirma Prisco

13h24 - Prisco começa discurso

13h22 - Bispo reza o pai Nosso. Prisco já se encontra no Wet.

Após reunião realizada entre entidades de classe da Polícia Militar da Bahia e do Governo no início desta tarde (17), ficou decidido pela deliberação do fim da greve. Um documento assinado por todas as partes será encaminhado à assembleia para que a categoria homologue, ou não, esta decisão.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Em nota, secretário de Segurança disse que espera 'proposta razoável'. Estado afirma que itens, se atendidos, custariam mais de R$ 600 milhões.

Assembleia aprovou o início da greve da PM
(Foto: Imagens/G1)
Por meio de nota, o Governo da Bahia afirmou na noite desta quarta-feira (16) que as reivindicações das associações de policiais militares grevistas "ultrapassa o limite orçamentário do Estado".

Durante a tarde, associações de PMs entregaram um documento ao Comando da Polícia Militar, que intermediou a chegada dos itens até o governo estadual.

Também durante a tarde, o governador concedeu entrevista coletiva, afirmando ainda não ter visto o documento entregue, e avaliou a greve como "eleitoreira".

De acordo com o governo, os itens apresentados pela categoria, se atendidos, significariam um gasto de mais R$ 600 milhões por ano. “Essa nova pauta nos causa muita surpresa. Falamos que já estávamos no nosso limite e, hoje, recebemos a proposta com mais coisas inseridas. Esses pontos nos dariam um gasto anual de mais R$ 600 milhões. Consideramos isso um retrocesso”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, por meio de nota.

O governo ressalta que quer manter o diálogo aberto com a categoria. “Vamos ficar aguardando para que eles encaminhem uma proposta razoável. Esperamos isso rápido porque dependemos desta resposta para chegar a um consenso”, acrescentou o secretário.

Impasse
O reajuste nas Condições Especiais de Trabalho (CET) é o principal ponto de divergência entre policiais grevistas e governo do estado, que tentam negociar a finalização do movimento iniciado na Bahia, há um dia, nesta quarta-feira (16), segundo informa Marco Prisco, vereador filiado pelo PSDB que lidera o movimento.

"A questão remuneratória o governo não avançou. Queremos 90% para motorista e 80% para os policiais. Pode ter uma variação nisso sim. Agora é com o governo", diz. Prisco participa de nova reunião, na noite desta quarta-feira, com deputados estaduais, na Assembleia Legislativa e, em seguida, aconcete um encontro com o governador Jaques Wagner, na sede da Governadoria. O líder grevista informa que a categoria está aberta para acordo ainda nesta noite.

O governo explica que a CET é uma gratificação que atualmente vigora para oficiais e que os grevistas pedem que se estenda a todos do efetivo policial, informa o diretor de comunicação da PM, Gilson Santiago, que responde pelo governo. "Eles querem também que todo o reajuste que seja concedido aos policiais também seja concedido aos policiais inativos", explica.

Pauta apresentada pelos grevistas à PM
(Foto: Henrique Mendes/G1)
Em relação à CET, o governo concordou em fazer alterações em reunião que antecedeu assembleia na terça-feira. Ficou acertado reajuste de 25% no valor da remuneração de policiais do administrativo; de 17% para 35% no valor para quem recebia reajuste; e os motoristas, que tinham 35%, ficarão com 60%. O código de ética e dos processos disciplinares, outros dois quesitos reinvindicados, também seriam revisados.

De acordo com Santiago, os grevistas pedem que o pagamento da Gratificação da Atividade Policial 5 (GAP-5), negociada em duas parcelas na greve de 2012, seja paga de forma integral e imediata, a partir do próximo vencimento. "Na realidade, o comando de greve quer um padrão remuneratório diferente do que temos hoje. Eles querem um subsídio, que faria com que todos ganhassem igualmente, soldados e oficiais. O soldado, na regra atual, na composição do subsídio, tem as gratificações. Eles querem que o subsídio seja implantado imediatamente e não esperar até novembro, março ou abril de 2015, como foi acordado".

Ele explica que a GAP-5 vai ser paga em duas partes, uma em novembro e outra em março ou abril de 2015. "Isso já foi objeto de negociação de 2012 e eles querem discutir isso novamente, só que com outro padrão. Eles já querem que seja paga essa GAP-5 no próximo mês e de uma vez só", ressalta.

Outros pontos da pauta de negociação apresentadas pelos grevistas são o aumento do auxílio alimentação para R$ 500 e 'anistia' a todos os participantes deste e do movimento de 2012, entre outros como a revisão do código de ética.

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) declarou a ilegalidade da greve. De acordo com a decisão do desembargador Roberto Frank, os policiais militares devem retornar ao trabalho imediatamente. Caso os policiais não retornem ao trabalho, será aplicada multa diária de R$ 50 mil.

Lojas, bancos e shopping fecharam as portas em Salvador e a população, em geral, tem evitado sair às ruas.

Motivação 'eleitoreira'
O governador Jaques Wagner disse, na tarde desta quarta-feira, que não teve contato com a contraproposta dos policiais grevistas e que ainda não há previsão de finalização da greve de policiais militares. Wagner afirmou que a população pode sair às ruas e avalia o movimento de paralisação como eleitoreiro. Para ele, os grevistas não estão acostumados com a abertura de diálogo e estão "apostando no caos para assustar a sociedade e o governo". "Essa greve é ilegal, inconstitucional e unilateral. Nos últimos sete anos e meio, a PM acumulou ganho real de 60%".

Reforço na segurança
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, informa que as tropas federais deslocadas à Bahia vão ser distribuídas em diversos municípios. Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro, além de Salvador, também vivem mobilização da categoria. Cardozo aponta que as tropas são compostas por policiais militares, civis, bombeiros e peritos

“As reivindicações podem ser legítimas, podem ser justas. Agora, quando elas se colocam contra a sociedade, contra o interesse público, trazendo insegurança e um clima social perverso, não podem ser tidas como legítimas. (...) O Estado brasileiro não aceita que situações desse tipo se coloquem. A sociedade não pode aceitar que pessoas remuneradas pelos cofres públicos ajam dessa maneira”, completou.

A presidente Dilma autorizou o emprego das Forças Armadas na segurança pública por conta da diminuição do efetivo de PM nas cidades. Militares do Exército já são vistos nas ruas de Salvador. A PM informou que 85 viaturas, com 202 policiais, estão em atividade.

A previsão é a de que seis mil militares do Exército lotado na Bahia atuem no reforço, junto a cerca de três mil deslocados do Recife e de São Paulo, com mais três mil da Força Nacional.

Greve de 2012
Marco Prisco foi o líder do movimento grevista de 2012, que durou 12 dias. Ele foi preso depois de um cerco do prédio da Assembleia Legislativa, onde os policiais acamparam, pelas tropas federais. No total, foram 12 mandados de prisão expedidos, motivados por conversas gravadas, reveladas pelo Jornal Nacional, que mostraram acertos para realização de ações de vandalismo em Salvador. No período, o aumento no número de homicídios foi de mais de 100%. Na ocasião, eles pediam o pagamento da Gratificação da Atividade Militar (GAP) 4 e a 5, além da não punição administrativa. Em outubro, Prisco foi o quarto vereador mais votado na capital baiana, eleito pelo PSDB. Do G1.
Comando grevista da PM apresenta propostas para o coronel Alfredo Castro no início da tarde desta quarta
(Foto: Henrique Mendes/G1)
Veículo Ford Fusion - Abandonado pelos bandidos. Fotos de André Silva
O filho do prefeito Antonio Dessa (Furão), João Pedro Labriola Cardoso Filho, teve o veículo em que dirigia tomado em assalto na tarde desta quarta-feira (16), em São Gonçalo dos Campos.

De acordo com informações, os elementos passavam pela estrada do Cedro, em poder de um veículo Ford Fusion, Placa Policial OUQ – 0804, licença de Salvador, quando avistaram o veículo Caminhonete Hilux, de cor preta, de propriedade do prefeito Furão.

Os bandidos interceptaram a caminhonete, tomaram em assalto e empreenderam fuga deixando o veículo Ford Fusion, provavelmente roubado, juntamente com João Pedro, sem nenhuma agressão física aparente, em uma estrada próxima ao local, ainda em São Gonçalo dos Campos.

Essa foi a única ocorrência policial registrada na cidade nesse primeiro dia de greve da Polícia Militar. Seguranças particulares, além da Guarda Municipal estão fazendo a segurança no centro da cidade.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo
Escola Reunidas Carlos Pedreira (Prédio) Foto de Edilson Produções
Um grupo de alunos da Escola Reunidas Carlos Pedreira (Prédio), situada à Praça da Bandeira em São Gonçalo dos Campos, estarão realizando na manhã desta quarta-feira (16), se a escola não aderir à possível paralisação, um protesto contra a substituição da diretora Maria Luiza Cazumba.

Nossa reportagem esteve na tarde desta terça-feira (15) na referida escola, a fim de buscar mais conhecimentos sobre o caso, e conversamos com a vice-diretora Antonia, que não soube informar os motivos da substituição, apenas que, a diretora Luiza está no cargo a cerca de 10 anos, e nunca houve nada de anormal em sua gestão.

Alunos da escola estão recolhendo assinaturas dos colegas para abaixo-assinados mostrarem o descontentamento na possibilidade da saída da diretora.

O abaixo-assinado será encaminhado ao Deputado Estadual Zé Neto (PT). Segundo os alunos, um profissional de Feira de Santana substituirá a diretora, que tirou o dia desta terça-feira (15) para resolver na Direc burocracias ligadas à sua substituição.

A escola tem cerca de 700 alunos. Clique aqui e veja a primeira página do abaixo-assinado.

Sandro Araújo/São Gonçalo Agora
Rua da Pavuna (Ponto de Lixo)
A reportagem do São Gonçalo Agora foi requisitada na tarde desta segunda-feira (14/04) por moradores da Rua da Pavuna 2 em São Gonçalo dos Campos. A esperança dos moradores é expor os problemas da Rua, para que as autoridades competentes tomem as devidas providências.

Eliane Bispo, moradora da Pavuna
Logo na chegada, fomos recebidos pela moradora Eliane Bispo e sua mãe, que de imediato pediu à nossa equipe que “clamasse por atenção” na Rua da Pavuna.

Segundo Eliane, todo o esgoto da parte alta da cidade é direcionado para a sua Rua. Esse esgoto é despejado em um brejo sem nenhum tipo de tratamento. De acordo com moradores, esse esgoto exala um forte odor em tempos de sol bastante forte, além de atrair enormes ratos e insetos de todos os tipos.

“As muriçocas só faltam nos carregar a noite de cima da cama”, disse Eliane, a única do local a não se preocupar em fornecer seu nome e imagem para nossa reportagem.

Outro grande problema está no início da Rua, um ponto lixo. Segundo alguns moradores, já até se tentou acabar com esse ponto de lixo, mas a falta de bom senso de certos moradores não deixou. A coleta é feita as segundas, quartas e sextas, e mesmo assim, insistem em acabar com a imagem da Rua, acumulando sempre após a passagem do carro compactador uma enorme montanha de lixo, e enquanto o carro não pega os cães espalham tudo pela rua.

Francisco dos Santos, morador da Baixa do Pontilhão 
Na Rua Baixa do Pontilhão, para alguns moradores ainda Rua da Pavuna, fomos recebidos pelo senhor Francisco dos Santos.

Segundo ele, a Rua está precisando de limpeza e iluminação. “A Rua fica cheia de mato e agente precisa se humilhar de tanto pedir a um e outro que mandem fazer a limpeza, será que eles acham que mato só cresce uma vez?” disse Sr. Francisco, finalizando narrando um assalto que sofreu na última sexta-feira (11), por volta das 22 horas, no momento em que abria a porta de sua residência.

“Um ladrão do bairro Santo Antonio, mim deu uma gravata e pediu minha carteira. Eu ainda falei cuidado com meus documentos, o resto pode levar! O ladrão safado também levou meu celular”.

Nesta Rua, Baixa do Pontilhão, 2 postes de luz estão com as lâmpadas queimadas, enquanto uma fica acesa 24 horas. De acordo com uma moradora, se o local estivesse iluminado Francisco não teria sido assaltado, pois o crime só aconteceu porque estava tudo escuro.

São Gonçalo Agora
Informações e Fotos de Sandro Araújo
Rua da Pavuna (Ponto de Lixo) - O poste de energia corre risco de cair
Rua da Pavuna (Ponto de Lixo)
Esgoto - Em época de chuvas, este lugar fica alagado
Á de fezes e todo tipo de contaminação 
Boca de lobo - Por ela passa todo o esgoto da parte alta da cidade - Cheia de terra
Brejo onde o esgoto é direcionado
Veja que as manilhas estão quebradas


Rua da Pavuna - Trecho após a Oficina de Curi-Curi
Rua Baixa do Pontilhão
Rua Baixa do Pontilhão
Rua Baixa do Pontilhão 
Rua Baixa do Pontilhão - Poste com lampada que não acende em frente a casa do Sr. Francisco
Rua Baixa do Pontilhão - Poste com lampada que acesa 24 horas
Rua Baixa do Pontilhão
Além do mato, esgoto a céu aberto 
Esta "água"está saindo de uma caixa de esgoto entupida 
Caixa de esgoto entupida
Rua da Pavuna
Boca de logo em frente ao Posto de Combustíveis Pontilhão - Veja que todo tipo de sujeira pode entrar na Boca de lobo 
Final da Rua Baixa do Pontilhão

Um tiroteio encerrou uma festa realizada na noite desta sexta-feira (11) na localidade da Tapera em São Gonçalo dos Campos. Segundo informações, a festa estava acontecendo no espaço de shows Tapera Fest, e três pessoas que estavam dentro do local, dois homens e uma mulher saíram baleados. Um homem levou um tiro no pescoço e o outro um tiro nas costas. A mulher foi acertada de raspão (lugar não informado). A vítima que levou o tiro no pescoço está em estado grave no HGE (Hospital Geral do Estado) em Salvador. Até o momento não há informações dos envolvidos nesse tiroteio. Os nomes das vítimas não foram divulgados.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo

Ítalo dos Santos Silva, 19 anos, e o menor A.J.M.S, 17 anos, foram conduzidos na manhã desta sexta-feira (11/04) por porte ilegal de arma de fogo.

Policiais da 64ª Companhia Independente, integrantes da guarnição Lobo 29, sob o comando do Cabo Gilmar Solia, realizavam rondas nas imediações da Praça do Fórum quando foram informados por populares que 2 homens estariam praticando roubos à mão armada no local. Os policiais efetuaram buscas e avistaram os indivíduos e ao efetuar abordagem flagraram Ítalo dos Santos Silva com a posse de um revólver calibre .32.

Ítalo dos Santos Silva e o menor foram conduzidos para o Complexo Policial do Sobradinho para adoção das medidas legais.

São Gonçalo Agora/Sandro Araújo